sábado, 15 de agosto de 2009

VACINA H1N1


Saiu uma nota do ministério da saúde divulgando que a vacina contra gripe suína já está sendo fabricada pelo instituto Butantã em SP. Ela será administrada apenas a população que esteja dentro do fator de risco, ou seja, mais suscetível (crianças, gestantes, idosos) e será disponibilizada até o fim do ano de acordo com o ministro da saúde.
A quantidade de casos ainda não é suficiente para dizer que o Brasil está em alerta de epidemia, temos medicação suficiente para a demanda de doentes, os mesmos estão disponíveis gratuitamente pela rede do SUS.
Por se tratar de um vírus maior a cinco micras ele só atinge quando expelido na fala a distancia de 1 metro, então só é necessário o uso de mascara cirúrgica normal, quando estamos expostos a contaminação, ou seja, funcionários da saúde, em ambiente hospitalar.
Lavem bem as mãos e evitem aglomerados em ambientes fechados, assim evitaremos uma possível epidemia.

4 comentários:

estrada04 disse...

Luciana ,achei super legal o que vc colocou ai para esclarecer um pouco a respeito da gripe,sou da area tbm e por este motivo q sinto orgulho do q faço,pois sei q temos profissionais que se preocupa com as pessoas.bjs e parabens.

Ju disse...

Achei ótima a iniciativa, parabéns!!!

Pelo divulgado, as complicações e a mortalidade da Nova Gripe são as mesmas de uma gripe normal.

Pra mim, são duas as grandes complicações:

Primeiro, as pessoas são extremamente irresponsáveis. Se elas estão com sintomas da doença (e não só de gripe, qualquer doença contagiosa) elas não ficam em casa e se isolam. É aquela coisa... se for a gripe, a pessoa já pegou, então não está preocupada em não transmitir pra ninguém.

Por isso as pessoas tem tomado certas atitudes que tem sido classificadas como "preconceito" contra a pessoa que teve gripe ou está com suspeitas.

Mas, por quê?
Porque sabe-se que, as pessoas só ficam em casa se estiverem se sentindo mal e sem condições de sair, ao primeiro sinal de melhora, vão querer sair de casa pra resolver coisas, espairecer... pouco importa pra elas se o ciclo do vírus ainda não acabou e ele ainda pode ser transmitido, afinal, ela já está melhor!

Isso deveria ser crime, assim como transmitir ou expor uma pessoa ao risco de contrair doença sexual já é (vide Código Penal). Porque é ABSURDO.

E a segunda é que, infelizmente, não se pode confiar muito nos diagnósticos médicos. Então fica aquele medo... se o médico for negligente, a doença não é diagnosticada, a pessoa não é medicada logo no início e tudo se complica.

A melhor solução é essa vacina realmente... e tomara que depois a produção seja aumentada pra atender à toda população.

Bjos

Blog do Óbvio disse...

Êita menina de utilidade pública. Jú, você é um amor de disponibilidade e esclarecimento com muito conhecimento(rimou sem querer). Parabéns por mais essa iniciativa. Um carinhoso beijo pro cê e pro João Arthur. Bom domingo. Manoel.

Déia disse...

Estou obedecendo suas ordens!!
E que venha a vacina!
beijocas