domingo, 30 de agosto de 2009

PARTO NORMAL – PARTO NATURAL


Parto normal, de normal só tem o nome, ou pode ser considerado assim pelo fato do uso rotineiro.
O parto normal não deveria ser considerado assim, pelos seguintes fatores:
O parto é induzido por ocitocinas (soro mais conhecido como aí, na primeira gota dói).
O parto é realizado em decúbito dorsal.
É obrigatório o jejum.
É usada tricotomia (depilação), punção venosa, e episiotomia (corte feito para que os músculos do períneo não se rompam).
Há proibição da presença de um acompanhante.
Há falta de privacidade, são realizados exames vaginais repetitivos por mais de um prestador de serviços.
Há necessidade de o parto ser realizado na sala cirúrgica, com luzes fortes e ar condicionado.
Esse tipo de procedimento acaba deixando a parturiente constrangida e traumatizada.
Em alguns hospitais públicos e casas de parto já existe o parto natural, realizado quando a gestação é saudável. É uma experiência muito mais confortável a futura mãezinha.
O parto natural é feito em uma sala onde possuí:
Bola de borracha e cadeira de balanço (para exercícios que facilitam e agilizam a dilatação do colo uterino), banheira de hidromassagem e cama com diferentes posições para parto.
A parturiente é chamada pelo nome, é permitida a presença de acompanhantes, não é feito uso de ocitocinas, episiotomia, tricotomia e punção venosa.
São realizadas massagens e banhos de imersão em água morna para aliviar o incômodo das contrações.
A mãezinha pode escolher onde será realizado o parto (cama de parto ou banheira) e a posição. A mesma é acompanhada somente de um membro da equipe de prestação de serviço (médico ou enfermeiro obstetra).
Não há restrição de alimentação, o que torna um parto humanizado, acolhedor, seguro onde a parturiente é tratada com carinho reduzindo assim um trauma após o parto.




VOCÊ SABIA?
Que a depilação com cera comumente realizada pelas gestantes antecedente ao parto não é recomendada.
A pele acaba sendo lesionada, aumentando assim o risco de infecção, o correto é ser feita a depilação no hospital pela enfermeira no maximo duas horas antes do parto.

12 comentários:

Déia disse...

Tenho aflição só de pensar!! rs

Mas valeu a dica!
bj

Amiga do Cafa ( Celamar ) disse...

Não, eu não sabia. risos
Bom, nunca tive filhos. E nem vou tê-los mais.
Mas gostei das novidades.
Sem blog é bastante " educativo".
Ju....
Estou com o seu e-mail e quando der vou contar sobre meu parto.
Quando entrar no MSN te adiciono...mas se quiser me adicionar já ( eu quase não entro ), anota aí : celamarmaione@hotmail.com
Vai, vou adiantar meu parto.

Nasci com " morte aparente", tive catalepsia.
Os médicos não quiseram me dar alta durante um bom tempo pq achavam que eu era cega...etc e tal...
Eu tenho que agradecer por ser normal, né ?
Vc pode falar sobre esse assunto.
Sobre partos difíceis...enfim, uma sugestão.
Gostaria de saber mais.
Uma semana de luz pra você !
Bj

Blog do Óbvio disse...

Jú, perfeitíssimo! Nada a comentar, só a aprender. Carinhoso beijo prá você e pro João Arthur. Manoel.

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Nossa, eu n sabia que existia essa diferença, valeu pela dica, não pretendo, mas quem sabe se um dia eu vir a ter filhos...já estou informada né! Bjão.

VALDEMIR disse...

olá Juliana, aqui é o Valdemir, ator do blog mortehumana.blogspot.com, obrigado por visitaro meu blog e adicioná-lo ao seu. Gostei dos textos dos seus blogs. Devemos usar a internet para propagar o bem e é o que voxê está fazendo.
Parabéns!

▒▓█► JOTA ® disse...

Enfermeira? Muitos parabens.

Nicole Louise disse...

Muito, muitooo bacana esse post.

É um alívio saber que o parto pode passar a ser mais humano e menos animal. Humanização nunca é demais. Só o fato de poder ser confortada por um membro da família, e ter privacidade em um momento tão delicado e invasivo, já deve ajudar, pelo menos psicologicamente, a aguentar a barra que é a dor do parto.

Parabéns pelo post! E por usar o seu blog para sugerir coisas boas.

In-Vestida disse...

Puxa, que bacana! Muito bom vc trazer essas informações para gente. Bjuss

Anônimo disse...

Parabéns pelo seu blog, seria tão bom que existissem mais pessoas/profissionais humanizados como vc.. as pessoas se formas nas áreas de saúde e esquecem que do outro lado. tem gente com sentimentos e muitas vezes passando por problemas sérios.. E aí quando encontra uma serzinho como vc.. dá até um alívio... Parabéns!! Muita luz em sua vida e nos seus feitos!! Gê

Ateliê Mania de Festa disse...

Muito explicativo. pena eu não ter tido essas informações antes. Meu próximo parto será Natural..

Anônimo disse...

Muito show o parto na banheira ... :-) uma ótima ideia ... kk

thais rocha disse...

então quer dizer que a parturiente tem o direito de escolher como quer dá a luz ? seja na água ou fora da água ? dependendo do caso.