segunda-feira, 3 de agosto de 2009

CUIDADOS COM AS CRIANÇAS.


A maior causa do alto índice de mortalidade infantil no Brasil são os acidentes domésticos.
Muitas vezes podem ser evitados, com mais atenção das mãezinhas e responsáveis.
Uma criança de 5 anos foi a óbito por aspirar purpurina, que causou uma inflamação pulmonar.

Vão aí algumas dicas:
1-Criança sozinha no banho nunca, pois pode cair na banheira e ocorrer afogamento, escorregar no chão molhado e sofrer traumatismos, ela pode beber shampo causando uma intoxicação.
2-Não se deve deixar a criança mamar sozinha, muito menos deitada, a posição correta é levemente inclinada (sentada), pois pode aspirar leite, afogar-se.
3-Animais e crianças sem supervisão não combinam, pois elas tendem a ser curiosas e a estressar animais que podem atacá-las.
4-Escadas, degraus, entre outros devem sempre ter corrimão, e portões como limites para que crianças pequenas e andadores não ultrapassem, evitando assim tombos.
5-Tomadas elétricas devem sempre ter um protetor, pode ser uma fita isolante, para evitar dedinhos curiosos.
6-Deve-se evitar pequenos objetos, que possam ser engolidos.
7- Brinquedos devem ter selo de qualidade, pois podem tornar-se verdadeiras armas!
8-Materiais de limpeza, sempre em armários altos e nunca em embalagens de refrigerantes, pois água sanitária pode ser confundida com soda limonada, e causar grandes estragos.
9-Cabo de panelas devem estar sempre virados para dentro do fogão, pois comida fervendo é uma das maiores causas de crianças internadas na ala de queimados.
10-Bombinhas de São João, utensílios de cozinha perfuro cortantes, plantas gulosas (liberam venenos quando apertadas ou levadas à boca causam intoxicação), e cerol para pipas, não são brinquedos e causam lesões graves, até mesmo amputações.
11-Quedas do berço, cama, sofá, no banheiro, entre outras devem ser evitadas, pois podem levar a óbito.
12-Medicações coloridas podem ser confundidas com balas, devem ser mantido sempre fora do alcance das crianças.
13-Crianças não devem ficar sozinhas nem durante o sono.
14-Crianças devem sempre andar na rua de mãos dadas aos pais, e nunca se deve desviar a atenção delas, pois por curiosidade podem atravessar a rua correndo e sofrer um atropelamento, ou mesmo encostar-se a um portão que tenham animais que possam atacá-la.

Cuidar é amar e ter um filho, sobrinho, neto, amigo, ou seja, uma criança perto é uma dádiva! Mais atenção, e elas estarão sempre com você!
O nosso futuro depende desses pequenos presentes de Deus.

9 comentários:

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

o item 13 é muito importante mesmo, pra alerta, acontece muita coisa se a criança acordar e se ver sozinha na casa. Minha cadela melhorou sim, já está normal, mas vai ter que fazer a cirurgia, só preciso arrumar a grana.

Déia disse...

Ju,
uma vez levei meu afilhado na praia, ele ficou brincando na beira do mar e eu na cadeira olhando, de vez em quando eu ía lá brincava um pouco...
Tentei ler, não consegui porque ficava insegura de tirar os olhos dele!
Tentei tomar sol, foi impossível...porque eu achava que o perderia de vista...

Eu não entendo como essas mães descuidam de seus filhos!! É muita irresponsabilidade!!

Sabe o que me irrita também? é ver aqueles bebezinhos de dias, no colo das mães em plena 25 de março..Affff é muito desamor !!!
bjs

Blog do Óbvio disse...

Juliana, tempos atrás assistí uma palestra do Corpo de Bombeiros sobre tudo que você postou. Além de crianças envolvia adultos também. Não me lembro exatamente o índice dessas ocorrências, mas é altíssimo. Parabéns pela preocupação esclarecedora. Termino com sua frase:
"O nosso futuro depende desses pequenos presentes de Deus".
Carinhoso beijo. Manoel.

Amiga do Cafa disse...

Boas dicas, Ju.
Como se costuma dizer : "criança cega".
Meu sobrinho faz três anos em setembro. Ele não é fácil. Se deixar sozinho, apronta. Uma vez ele colocou caroço de feijão dentro do nariz. Mas entre mortos e feridos, no caso dele, salvaram-se todos.
Beijão

Andrea Berger disse...

Juliana, tem um selinho pra você!!!!
Pega lá no meu blog.
E parabéns pelas postagens, são ótimas.

Beijos

Faça ou Desfaça disse...

Mesmo estando sempre com os olhos bem abertos, as coisas acontecem ... veja no meu blog o que aconteceu com minhas netas.
beijocas carinhosas

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

OI JULIANA!!ÓTIMAS DICAS,TENHO 2 FILHAS UMA DE 5 E OUTRA DE 12,SEMPRE TOMEI MUITO CUIDADO E ELAS SEMPRE FORAM TRANQUILAS.
AIDNA BEM,PQ MEUS SOBRINHOS SAO TERRIVEIS,KKK
ADOREI SUA BELA VISITA!BJSS

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

oi Juliana!!!q vc tenha um fds ótimo!!
gde abço!!!

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

Ju, seu filho parece demais minha filha Carlinha de 5 anos,o jeitinho da boca,kkk,qdo ele entorta assim,kkk,aposto q qdo ele faz cara de choro é a coisa mais linda, me formo como assistente social daqui uns dias e concordo com vc, falta humanização por parte dos profissionais, enfermeiros, a.s., enfim, muitos se atém só à burocracia e esquecem de trabalhar o pscológico e eu e vc, com certeza , faremos a diferença!!abçaoo,me emocionei cm sua história!!!parabéns!!bjs na alma e nesse lindoooo aí!!!