quinta-feira, 20 de agosto de 2009

CASO 7- UM PARTO DIFERENTE


Paciente L. admitida no hospital após parto domiciliar, essa é uma história bem diferente, o parto ocorre de uma forma inesperada.
A paciente entra em trabalho de parto às 4 horas da madrugada, sozinha em casa ela se agacha sobre o chão faz força, o bebê cai sobre uma toalha, ainda preso ao cordão umbilical, ela alcança uma tesoura e corta o cordão, após três horas chega a ambulância do SAMU.
Quando feito o exame físico a mãe não apresentava nenhuma anormalidade, o RN tinha o coto umbilical cortado muito rente à barriga, por falta de assepsia da tesoura, após algumas horas em observação o mesmo manifestou uma infecção.
A mãezinha teve alta após três dias, o RN continuou internado para administração de antibióticos, após 21 dias teve alta hospitalar.
Essa historia é inusitada, pois quando perguntei a mãezinha como tomou essa decisão de realizar o próprio parto ela disse:
- Eu vi uma índia fazendo isso na televisão, só não quis cortar o cordão umbilical com a boca!
Ou seja, totalmente inusitado!

13 comentários:

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Meu Deus, que mulher corajosa, eu nunca faria isso, sou muito medrosa, e a dor? Aff..vou te mandar por email meu TCC pra vc analisar se pode me ajudar, bjão e bom fim de semana.

Amiga do Cafa ( Celamar ) disse...

O instinto de sobrevivência do ser humano é fantástico !
Suas experiências são relatads aqui de maneira muito humana.
Me orgulho dessa amiga blogueira.
Ju...
Você não é só linda por fora, mas também por dentro. E muito !
Fica bem de morena e de loira.
Você está um arraso, mulher !
Linda, linda, linda !
Parabéns.
Ah sim, amei sua " aula".
Um dia vou te contar sobre o meu parto....
Eu nasci morta ( morte aparente - catalepsia ) , com possibilidade de ficar cega..agradeço muito a Deus por não ter tido sequelas
Um dia eu conto...talvez no blog..sei lá..
Grande beijo !

O Profeta disse...

Não me queres dizer onde mora o teu sorriso
Ausente do incontido abraço
Ausente das palavras felizes
Envolto em nuvem escura no espaço

Não me queres dizer o rumo
Que leva ao teu terno coração
Não me queres abrir as portas
Da cor vibrante da paixão?


Bom fim de semana



Doce beijo

Amiga do Cafa ( Celamar ) disse...

Ju
Anotado.
Talvez eu fale pq faz parte da minha história.
Mas como vc fala de parto, passo pra vc, depois, ok ?
Você também é muito especial , moça.
Beijos

adenilson disse...

dar a vinda a um novo ser
q lindo..
\o/
ótimo fds.
brigado pela força lá no blog.
grande abraço
e voltamos ao normal!
xD~

Dayane Mendes disse...

Menina do céu, que coisa esquisita....to chocada. Ainda bem que correu tudo bem. Pergunta:
Quem fez o bebe respirar depois de concebido?

Bjokas

Dayane Mendes disse...

Jú!! Eu ganhei selinho? KD? Eu nunca ganhei selinho...fiquei emocionada...rs
Onde eu pego.

Bju

Déia disse...

Uau.. um pouco de instinto e desinformação...se ela seguisse direitinho o que a "tal" índia ensinou... né?

Mas que bom que deu tudo certo no final!
bj

Déia disse...

To postando um selinho pra vc, lá no divã! bj

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

minha primeir filha foi parto normal e olha, dói pra cacete,kkk
essa mulher aí é uma heroína, mas conheço mulheres q tiveram apenas 15 min. de dores fortes e o bebê nasceu rapidinho..o q nao foi meu caso,fiquei da meia noite até as 16 horas do dia seguinte, mor-ren-do de dorrrr,kk
bjs e ótima semana!!muita luz pra vc e sua familia,sempre!!!

DE VEZ EM QDO VENHO AQUI disse...

obrigadao pelo selinho,depois responderei com tempo!!bj

adenilson disse...

quandoa tualizares de um gritaço..
xD^
abraços
mardeto pc era pra atualizar na quarta...
mas tdo bm...ele ainda tá vivo
respirando por aparelhos mas está..
ótimo fds viow ?...
e cuidado, o gugu tá chegando ¬¬
hahahaa

In-Vestida disse...

Ai , que coragem assim. Meu primeiro filho nasceu de cesárea e o segundo de parto normal, engraçado, né?? É uma longa história. Bjussss