sábado, 4 de julho de 2009

CASO 3- CUIDADOS COM AS CRIANÇAS.


Certo dia é admitida na pediatria uma menina de apenas 7 anos, estava brincando no quintal, quando sentiu sede e foi beber água no tanque de lavar roupas, quando tentou subir, de repente o tanque caiu sobre seus pés decepando um dedo (segundo metatarso).
A criança chorava desesperadamente, o diagnostico médico foi reconstruir os ligamentos e recolocar o dedinho cirurgicamente, o procedimento foi realizado com êxito.
Mesmo tomando corticóides para diminuir o risco de rejeição, após alguns dias o dedo necrosou tendo assim que ser amputado!
A mãe e os familiares entraram em desespero, mais não havia outra forma de proceder.
A criança depois de tanta dor aceitou com muita tranqüilidade, o que torna esse caso diferente. Enquanto a mãe se preocupava com a estética a menina preocupava-se com seu restabelecimento.
Vai aí uma dica criança sozinha nunca!!!!!!!
Quem sabe essa mãe não poderia ter evitado buscando água na cozinha? Ou mesmo observando as condições do quintal, pois muitas vezes existem valetas e outros perigos, assim como um simples tanque solto.

8 comentários:

In-Vestida disse...

Olá! Vim retribuir a visita. adorei seu blog! Minha irmã também é enfermeira. Estarei sempre por aqui. Bjss

Dayane Mendes disse...

Ótimas dicas. Gostaria de sugerir o tema "anfetaminas". vejo tantas amigas tomando anfetaminas para emagrecer, talvez voce possa dizer algumas verdades sobre elas.

Bjos

Andrea Pio disse...

Oi Juliana,
Gostei muito do seu blog também. Serei sua seguidora.
Abraço,
Andrea

Mari disse...

Oi, obrigada pela visita. Sou sua seguidora. Trabalho com a Educação Infantil (berçário), seu blog irá ajudar no meu trabalho. Irei recomendar para minhas colegas.
Beijos
Minhas Histórias Infantis

Andrea Berger disse...

Ótima a tua iniciativa, parabéns e vejo que tem muitas histórias para nos contar. Estarei te acompanhando...
Também trabalho num hospital, mas na área jurídica, mas vemos muito descuido com as crianças, infelizmente....

Abraços

Blog do Óbvio disse...

Juliana, super interessante essa sua postagem. Não se publica muita coisa sobre acidentes domésticos e como prevení-los. Vamos tentar agitar essas publicações nas comunidades. Tentarei fazer a minha parte. Obrigado por abrir nossos olhos. Carinhoso beijo. Manoel.

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Oi, gostei do blog, o meu loirinho queria fazer enfermagem, agora quer fazer biomedicina, nem sei o que é isso. Na sua profissão dá pra entender o porquê n pode isso, ou aquilo, mas eu trabalho em Rh, então, nada a ver.

Helton Henning disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.